quinta-feira, 3 de setembro de 2009

?Quem Somos?

? Onde estão todos
Será que estou só?
Com todas as respostas
E ninguém para perguntar

Onde foram todos?
? Será que estamos todos errados
Em ficarmos aqui parado
Vendo tudo acabar

? Onde estamos? Onde erramos?
? Não sabemos onde e nosso lugar?

Ouvimos besteiras
Falamos bobagens
O tempo parece não passar

Estamos no fim
Mas sempre voltamos ao começo
Sem saber como terminar

? Onde estamos? Onde erramos?
? Não sabemos onde e nosso lugar
?

Rogério Silva

56 comentários:

wagner cheerleading disse...

bem profundo...dexa agente pensando...*

Lara Sousa disse...

Ai esse texto, tem muito a ver comigo, as vezes a gente ta rodeado de gente, mas se sente sozinho, sem saber quem realmente somos;

beeijos

Marco Antonio disse...

Malditas crises de existência... e são tão inspiradoras.

Fernanda disse...

Gosto de seus textos.... Mtoo bons!!

Rafa disse...

belo poema, no ritmo exato...Sei l´pa as palavras estão bem colocadas, mas me encantei mesmo com a musicalidade, o modo como flui, parabéns!

http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

Levi Ventura disse...

Obrigado pelo comentário,
Notei que também escreve textos, ou melhor, poemas.
eu pelo menos acho difícil encontrar assim como eu outros homens que escrevam textos em blogs. Baseado nisso e em seu talento, gostaria de perguntar se não aceita fazer uma parceria!
--------------------------------
http://duventublog.blogspot.com/

Levi Ventura

Adriano VIana disse...

Muitos não sabe o que faz e aonde esta, mais se iludem no seu mundinho!! Abraço

Paulo Américo disse...

Muito bom o texto. Estou refletindo!

Marcus disse...

pergunta dificil de responder, nossa vida é um grande misterio mesmo!

Romero Cezar disse...

parabéns pelo blog

http://www.opataquada.blogspot.com/

Marie disse...

Obrigada pelo coments,
adorei o seu blog mesmo!
Quando começar a nova história, me avisa q eu quero ler (:
bjão

kbritovb disse...

Ouvimos besteiras
Falamos bobagens
O tempo parece não passar
Estamos no fim
Mas sempre voltamos ao começo
Sem saber como terminar

essa fico legal

Keisy disse...

...ás vezes me sinto rodeada de gente, mas me sinto sozinha... :s Oh crises existênciais! mto profundo... bjos...

Nova Quahog disse...

somos uns pela sacos tentando algo no mundo e cagamos em tudo...

Leonardo Fernandes Ayres Belens disse...

parece até meu raio X, me sinto extamente assim.

Alice Gabriella disse...

ESSE TEXTO ME DEIXOU TENSA

Inez disse...

Belo texto para reflexão, não sabemos bem onde estamos, onde erramos, só de uma coisa tenho certeza erramos e muito.

Vini e Carol disse...

Legal.
Onde estamos?
;)

Bruno R.Ramos disse...

Muito bom seu texto. Deveria publicá-lo em livro. Se interessar, faça contato.

Abraços

brunoteenager@gmail.com

Cruela Veneno da Silva disse...

e se soubessemos o que faríamos com isso?

Alerson disse...

onde estamos?
muito bom viu
parabens

C. disse...

Essas são as perguntas que me faço diariamente.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

gAng disse...

cara... isso retrata bem meu momento atual.. fiko pensando quase as mesmas coisas Oo

www.hysteria-project.blogspot.com

kikinhah disse...

Refletivo. Mas as perguntas tbm tem muitas respostas, basta olhar pra dentro de nós que encntraremos todas...
BjOs^^

seuvicio disse...

Verdade Zé mentiras.

seuvicio disse...

Oh! Oh!

iMarty Turbo disse...

bom poema, ele me fez pensar bastante...

seuvicio disse...

Verdades e menteiras.

seuvicio disse...

trovão azul, cavalo de fogo.

Henry Barros disse...

Bonito poema cara, bem legal ^^

Luizichxos Downloads disse...

Parabéns pelo blog, acho que esse post mostra oq está acontecendo hoje no Mundo!

Rodrigo Selback disse...

é uma coisa da eterna fase de transição se encontra nunca sabe aond eesta para aonde vai ou o que quer

Mitti disse...

eu chego a conclusão que não sabemos de nada mesmo...

não sabemos pra onde vamos e pq....não sabemos as vezes pq escolhemos alguma coisa ao inves de outra...

tanta confusão que é melhor viver um dia de cada vez.....

abraço

†YaGo-SaN† disse...

comigo é ao contrario, muitas perguntas, e ninguém pra responder...
abraços!

http://yumeforever.blogspot.com/

Doces Deletérios disse...

Me lembra um poema do Fernando Pessoa, chamado "Tabacaria".

Sua composição é suave, parece letra de música.

Abraços
www.lizziepohlmann.com

SO.L. disse...

Somos um pouco do exagero. Um pouco do ego, um pouco do estar.

Um pouco de momento. Quando todas essas questões podem ser deixadas pra depois.

http://nobreu.blogspot.com/

Arthur A. Melo. disse...

as vezes ficamos só no meio da multidão!

www.arthurmelo92.blogspot.com
ao seu encalço!!!!!!!!

Jefferson Reis disse...

Voc~e deve gostar de filosofia. Eu gosto muito. É muito legal tentar resolvers esses enigmas ontológicos..somos todos Hamlet..ser ou não ser? Eis a questão!

Ana (: disse...

Realmente, são perguntas frequentes que correm nas nossas cabeças... nós, 'perdidos' porém sempre nos encontramos por final :]

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...
Por acaso, uma questão curiosa seria a angustia criada por ter todas as respostas e ninguem para perguntar... imagine só...
talvez fosse pior do que não saber... saber e não ter para quem contar!

Silvano Moreira disse...

Onde estou? oque faço?
na duvida eu prefiro fazer, na duvida eu prefiro arriscar, se eu me arrepender depois é facil pedir perdão, agora se arrepender do que não fez é bem mais dolorido!

Grasiele Rocha disse...

Gostei, toca na alma. e a pergunta: "Onde estamos? Onde erramos?" Me faz refletir sobre várias coisas da minha vida. Parabéns, é dificil alguém fazer um texto, que toque as pessoas, e que as façam ficar incomodas, como eu fiquei.

Beijos; Passa no meu?
http://caminhandoaovento.blogspot.com/

Fabricio bezerra da guia disse...

Que legal!!Eu gosto destes textos agéis

Paloma Peglow disse...

quando nós estamos sozinho,mesmo estando com pessoas ao nosso redor,nossa mente vai ficar sem rumo,sem saber para onde ir...bonito texto ;)

- Babi . disse...

beijosaparece:*

Fernanda Toledo disse...

Acho que no fundo as perguntas nem são tão importantes assim...
Há muito para ser sentido.

"Viver ultrapassa todo o questionamento"!

luiz scalercio disse...

bellissimo texto
prbns.

lennon disse...

palavras que fazem agente refletir sobre tantas coisas e aprender a reconstruir coisas que pareciam esquecidas

Canto do Lufa disse...

muito bom!
A Solidão nesse caso tem a ver com um arrependimento de algo que não dá para voltar atrás.

Eu fiquei angustiado junto com o texto

muito bom!

Parabens

Mimi disse...

Eu nao sei qual a pergunta pior, se é quem somos? ou para onde vamos?
ahhhh essas coisas me deixam angustiada..hehee
mas ao mesmo tempo isso torna a vida super interessante né?!
é o chamado ...quem viver verá! [ou não]

Camaleão disse...

Caramba, da pra refletir muito com isso.

Bruno disse...

Kara é uma Poesia Melhor que a outra

PArabéns

Blog está divino
http://puroqi.blogspot.com

Gabriel dicas disse...

Bem falado cara parabéns!
veja meu blog e comenta se poder www.gavrielalon.wordpress.com

Érica disse...

Muuuito bom...bom mesmo! Gostei, você escreve bem!! Isso é um dom!!
Beijos!!

Caarlos . disse...

aew kra continue assim , que o blog esta otimo '

Jhojho disse...

lindo texto.. sempre chegamos ao final e voltamos ao começo..