sexta-feira, 17 de abril de 2009

Diário de um Sobrevivente parte 4


LIVRO 2 A BUSCA
Após conseguir ultrapassar todos os obstáculos, cheguei em uma cidade.A cidade era enorme, vários prédios,
avenidas, carros parados.O silencio tomava conta do ar, fiquei com medo de inicio mas também me divertiu
muito nessa grande deserto de concreto.
A adrenalina subiu cada vez que penetrava mas no centro da cidade, os prédios eram as árvores dessa floresta,
só escutava o ronco da minha moto pelo asfalto, cortando os ventos.
Passei alguns dias nessa cidade enorme, como não achei nenhum sobrevivente partir, seguindo o horizonte...
Encontrava várias cidades pelos caminhos, e todas desertas, a solidão cada vez mas me sufocava...
Acho que faz uns dois anos que estou andando sem destino, de cidade em cidade, nem sabia onde estava,
se era sul, se era norte, estava perdido.
As vezes acho que estou ficando louco, de tanto tempo ficar sozinho, procurando por outras pessoas.
Cansado de ficar andando de um lado para outro sem destino, resolvi estabelecer em uma cidade e viver
e vida sem se preocupar com mas nada.
Então resolvi comemorar, fazer uma grande festa, fazia tempo que não comemorava nada. Como não
sabia que mês estava, resolvi comemorar tudo de uma só vez, aniversario, natal, ano novo.
Passei por um supermercado e peguei bebidas, comidas, fogos de artifícios tudo estava pronto para a grande
festa. A única coisa ruim era que não tinha ninguém para comemorar junto.
O rádio ligado ao volume máximo, a festa começou, bebia, dançava sozinho...
Até que de repente sem entender nada, parei de dançar, e sem saber o que estava acontecendo comigo
comecei a olhar para os lados, procurando algo ou alguém. Sem saber o motivo comecei a chorar.
A garrafa de bebida que estava segurando lancei contra as janelas, o rádio foi ao chão silenciando
tudo ao redor, estava irado queria quebrar tudo ao meu redor. Sai chutando tudo que encontrava pela frente
esse não era eu, não me reconhecia, estava com raiva de viver essa vida.
Montei na moto e sai em alta velocidade sem se preocupar com nada. Quando que de repente perdi o controle
da moto, e quando percebi já estava no chão, tentei me levantar mas estava sem forças e fiquei caído no asfalto
fria deixando a escuridão me envolver
...continua...

47 comentários:

Sóda Games disse...

Parabéns pelo seu blog, está com um bom layout.
Abraços guerreiro...

Otimização de recursos e serviços.
http://menosbits.blogspot.com/
O jeito inteligente de se usar a internet.

Canto do Lufa disse...

gostei

Junior disse...

A Cada parte o diario do sobrevivente fik melhor
eu to sempre lendo
parabens

Toddy disse...

mto legal
se puder
http://t-crespi.blogspot.com
vlw

Marilis disse...

Muito legal seu blog ;D

Thalita disse...

massa o texto..
vc tem mente...

Marcelo disse...

Boa para ler mesmo... Tem bom layout, e conta cada história que para ler, tem que ser com calma e relaxado.

Visita o meu, o endereço é www.revistacontextosg.com. Abração!!!

Carol disse...

Cda vez melhor, adoreiiii, vai até qual número??????

bjos
http://carolinedecastro.wordpress.com/

Nandy disse...

Legal!

Ana Lucia Nicolau disse...

o diário do sobrevivente está cada vez melhor...parabéns!

JuANiTo disse...

Ele podia ter ido na rádio...pois alguém deveria estar lá pra tocar as músicas...!

heaueahu Tá massa!

Branca disse...

Seu blog é muito interessante

pelo jeito essa estória vai ter muita adrenalina

voltarei outras vezes pra ver o que virá

Airton disse...

opa blz
ja tinha lido a parte um eu axo essa ta mais interessante ateh vom me intera vendu as outras hehe

PHeu* Liz disse...

sasinhOra isso tudo é real?? Estavas em Sampa??? eu me sinto como niet sozinha e incompreendida o tempo todo, mas acho q minhas loucuras nunca foram como essa de embreagada sentar em uma moto e voar p morte... credo! Juizo rapaz a vida é maior q qlq coisa, basta permitir-se!

jcdigital disse...

Cara fazia um tempo que não vinha aqui, mas essa parte da história ficou muito boa.

Tenho quer ler o que aconteceu anteriormente para se situar.

;)

Liipee disse...

bem interessante.
imaginei a cena..
chorando, com raiva e só..
a solidão é um cu.
desculpa, mas é a verdade.
.não imagino a solidão dele nesse momento, mas digo a solidão em si..
ao levar um pé na bunda da namorada, ao perder alguém importante, é foda.
o 'se sentir' só, é uma coisa fria, e obscura.
bom, teu texto tá bem legal.

parabéns bro
:)

abrá.

Liipee disse...

ps: não entendi,como a rádio funcionava?
repetição de frequências?
energia?
;xx

Proibido disse...

Cada vez me impressiono mais com a história. To com abstinencia dos proximos posts!


http://www.proibidoler.com/ "Uma embriaguez de sucesso"

Lukas disse...

ótimo blog, pensamentos inteligentes cara
flw
boa sorte ai

Alam Oliveira disse...

Ainda não tinha acessado seu blog e não conhecia esse texto "diário de sobrevivente" - aliás demorei pra comentar porque estava lendo postagens mais antigas.
Gostei da linguagem, o único problema é que na hora que 'tá ficando intenso vc deixa pra próxima parte! Covardia hein rsrsrs

Parabéns! Você tem estilo.

Neo disse...

Ih cara, eu vou ter que ler as 3 partes anteriores para poder entender a história. Depois eu digo o que achei.

Abóboras ao Vento disse...

Outra história bacana! O sr, está de parabéns, mais uma vez. E o que será que vai acontecer? Será que se machucou muito? Será que machucou alguém?

Abraços e um ótimo domingo!

Fábio disse...

muito bom!

Mariana Moro disse...

Belissimo! Me encantou...ótimo blog, realmente!

Beijos

Ugly Dréh disse...

adorei

http://drehosbourne.blogspot.com/

Alcione Torres disse...

Bom blog.

Móó legal disse...

belo conto, mas devo confessar que não me agrada nada o continua no fim...
aUHEUAheuHUEHauheuHAUEHAuheuah
POW EH FD..


--
www.moolegal.wordpress.com

Sóda Games disse...

tamo aí sobrevivendo novamente!

Otimização de recursos e serviços.
http://menosbits.blogspot.com/
O jeito inteligente de se usar a internet.

Mogui ; disse...

um lindo texto!
sempre que passo por aqui me impressiono com seu talento!
beijo!

Helmut disse...

Gostei do blog! Conteúdo e layout se somam e o resultado é bom :-)

Junior disse...

o diario de sobrevivente vai ter quantos capitulos? e vai ter tipo, temporadas? ou vai ter um final
abraço

ederdbz disse...

o texto é oscilante, tendo momentos bacanas, mas outros meio desnecessários...

ED CAVALCANTE disse...

Li só essa parte do post recente, fiquei meio perdido. Não posso tecer maiores comentários sobre a obra completa!

calango azedo disse...

profundo

Lara Sousa disse...

Tadinho do cara, ninguémconsegue viver com nomade, estamos sempre precsando do outro. Espeo q epois do ocorrido o personagem revivado acdente com novas metas e objetivos;

beijos

PHeu* Liz disse...

espero a continuação!

Marina disse...

pois sim, aquelas estatísticas são verdadeiras... é inacreditável, né...

Bem, mas quero ler seu diário de um sobrevivente completo..
depois q terminar a leitura, volto a comentar sobre o texto. Estou gostando.

Renata, as Magnólias e a Estriquinina. disse...

o "continua" anda me deixando de mau humor! sinta-se feliz, sinal que a história me agrada (muito).
Volta aqui sempre!

parabéns!

Hugo disse...

Esta de parabens, mto bom kra
valew ae, passa no meu blog
www.blogode.com

Estêvão dos Anjos disse...

Lembro Lost...estou me situando na história jaja comento algo de relevância

Andréa disse...

Colega, seu post é sem fôlego. Talvez um pouco do que a vida seja. Sem pontuações desnecessárias. :)

http://egotrincheiras.blogspot.com

abraços.

garra disse...

ata alra td se encaixo
eu tinha pulado essa parte
aora td se encaixo
^^

se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

Infornet disse...

Parabéns pelo seu blog!
Gostei bastante do Layout!
Boa noite!

gabriel disse...

acho que ja vi esse temaplte em algum blog msesmoassim partabens

Monique Rosa disse...

Nossa! Acho que já li isso.
Mas os seus ultimos textos estão melhores que esse.
Ps: Todo mundo morreu?

Arlindo disse...

legal.ja li.só não comentei xD

ederdbz disse...

os textos são muito bem escritos e consegue passar certa ênfase neles...
o banner e o layout é bacana e consegue fundir-se bem com as postagens..