sexta-feira, 2 de março de 2012

Algo Pra Fazer

Um calor do cão
Num apartamento fechado
Nada passa na televisão
A internet esta lenta
E eu sem saber
Se penso em algo pra fazer
Não tenho pra onde ir
Fico olhando pela janela
Ate onde a vista alcançar
Mas nada disso me interessa
E eu fico sem saber
Se penso em algo pra fazer
Fecho as portas do meu coração
E abro as portas da ilusão
Assim quem saiba eu consiga saber
Se penso em algo pra fazer

41 comentários:

eumacleamaral disse...

UAU ,AMIGO VC ESCREVE POEMAS BEM PRA
CARAMBA,ESTA MARAVILHOSO O BLOG,
PARABÉNS!!

Focinhos de Estimação disse...

amei.

Lucas Adonai disse...

Muito bom!

Sabrina Gomes disse...

Que lindo, você escreve super bem! Adoraria ter você por lá também, www.spiderwebs.tk

Cicero Edinaldo disse...

as vezes o tédio bate a nossa porta. não podemos deixar entrá-lo.
PRECISAMOS USAR A CRIATIVIDADE A CADA DIA PARA QUE NOSSAS VIDAS NÃO CAI NA ROTINA

Juliana Marques disse...

Uau, que linda.
Parabéns.

Thainá Muniz disse...

Descreveu minha vida, tá um calor do cão! UHAEUAHUEHAUEHUA

http://meaboutthings.blogspot.com/

Paulo Gomes disse...

Abrindo as Portas da Ilusão com certeza acaba o Tédio,e o que não vai faltar é algo a ser feito,nem que seja tentar transformar a Ilusão em Realidade.-Um abraço e fica com DEUS.

Lucas Adonai disse...

Muito legal cara, parabéns.

André Narciso disse...

Muito bom o poema,você sabe se espressar muito bem.

Marília disse...

Que sempre tenha essa inspiração!
belo poema.
bjo
http://mariliatasso.blogspot.com/

Ítalo Richard disse...

Bacana!Muito bom.

KGeo disse...

muito bom o texto, uma boa descrição das pessoas que só sentem vontade de fazer algo

Diogo disse...

Gostei bastante! Ótimo de compreender e fácil de ler, diferente daqueles textos enormes, complexos e chatos! Parabéns... Quanto ao texto: sempre temos dias assim, isso é normal (ao menos, é comum) em compensação, outros dias são extremamente agitados! rs

Diogopensamentos.blogspot.com

tiu disse...

jogo de palavras adoro.
isso aqui ta bom de mais.
vou seguir..

Lucas Adonai disse...

haha, muito bom!

JaqueG disse...

Bah.. tem dias que é assim mesmo, ainda mais pra quem mora só.


http://fuimorarsozinha.blogspot.com/

Fábio Flora disse...

Quando não há o que fazer, a gente põe a imaginação pra funcionar. E joga palavras aos ventos.
Abraços e sucesso com o blog!

Café de Fita disse...

Bem interessante!

***
Escrevo pro: http://cafedefita.blogspot.com/
(Patrícia Araújo - Colaboradora)

Monique Premazzi disse...

Adorei esse poema, fugindo daquela coisa romantica e falando mais em palavras reais.

Imaginar não é pecado. Eu amo imaginar quando não tem o que fazer, acho que é a melhor forma de se divertir.

Beijos,
Monique <3
http://www.secretsofalittlegirl.com

danielacristofoli disse...

adoro tuas 'palavras ao vento'!
muito bom mesmo!
parabéns, que tu consiga ir longe com este trabalho!
beijos
http://etcmodaetal.blogspot.com/

Inforblog disse...

Olá, gostei do blog e das postagens. Gostaria de lhe convidar para minha
corrente de divulgação afim de aumentar o seu tráfego no blog.
Trata-se de uma parceria em que nós visitamos quase que diariamernte
os blogs parceiros e todos visitam o seu.
Se quiser participar,
me envie um e-mail para jo.targino22@gmail.com

Super abraço!

Café de Fita disse...

Bem bonito!

***
Escrevo pro: http://cafedefita.blogspot.com/
(Patrícia Araújo - Colaboradora)

João Batista de Lacerda disse...

Raciocinar é uma ótima ocupação.
Foi pelo ato de raciocinar que surgiram os grandes inventores, filósofos, escritores...

Aline Diedrich disse...

E então decide dar uma volta na rua...


Bonita poesia!

http://alinediedrich.blogspot.com.br/

Bruno Costa disse...

É incrível que, com tantos aparatos e coisas acontecendo, o tédio angustiante ainda nos visite. O que será? Escrever é já acabar com ele.

Segue, após longa pausa, a continuação do conto:
http://www.costabbade.blogspot.com.br/2012/03/nos-buracos-do-tempo-parte-3.html

Josué Rocha disse...

Ow gostei mesmo das postagens... E das estampas tmb, bem criativas... parabéns.. Estou te seguindo, quando você tiver um tempinho, você podia seguir o meu também?'
http://jpbigblog.blogspot.com.br/

Matheuslaville disse...

É com muito orgulho... Faltou isso...!

Alex Konrado disse...

kkkkkkkkkkk Vc me conhece né? Pra ter escrito td sobre minha vida assim, só pode.

Parabéns!

Desde já estou te seguindo, se puder fazer uma visitinha no meu e seguir tb, te agradeço. Sucesso!
Aqui está:

http://akonrado.blogspot.com.br/

Bruh Brito disse...

*---*
Não é que meus sabados estão assim?
haususahhusaahsuh'
Curti o texto..

http://bruhbrito.blogspot.com/

Se quiser seguir e comentar fique a vontade também..

Beijo e sucesso!

KGeo disse...

bom texto.
quando a pessoa tem dinheiro sem tem alguma coisa para fazer!

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Vc pode peidar no isqueiro pra ver se pega fogo.

Monica Limeira disse...

Abençoado o criador do Blogger q faz com q tenhamos outras possibilidades...naqueles dias q tudo passa a dois por hora...rsrs
retribuindo a visita em http://altternativassonoras.blogspot.com/

Matheuslaville disse...

Falou com o coração nesse poema... É não tem nada para fazer hoje em dia ou a pessoa vai para o bar, ou balada, ou compra ,ou ver a vida do outros ou ir para internet....

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Ai q fazudão.

Bagis Bueno disse...

aqui em casa, independente de calor ou frio a net sempre tá lenta rrsrsrs

lindo texto!


bjksssssss

ibagis.grandemidia.net

Marília disse...

Legal seu poema. tens criatividade.

KGeo disse...

passei por isso a pouco tempo a unica coisa que eu fiz foi dormir!

Guru do Metal disse...

o jeito é dormir se não tem nada pra fazer

Marília disse...

A minha net sempre ta lenta rsrs
brincadeira, muito bom o texto, inspire-se mais pra escrever mais =D

Fábio Flora disse...

No quarto verso, falta um acento em "esta" [está]. Abraços e sucesso com o blog!