sábado, 28 de janeiro de 2012

Flores No Meu Caminho

Eu não consigo entender esse tempo
Faça frio ou faça calor, eu não entendo
Do alto do meu apartamento
Vejo alguém parado na esquina
Esperando a hora certa de entrar
Fico trancado entre quatro paredes
Faço perguntas esperando respostas
? Será que tem alguém me ouvindo
Será que tem alguém falando comigo?
Eu ando sozinho, mas não vivo só
Esqueça o destino
O futuro é paginas em brancos
Faça a perguntar certa
Sem esperar pelas respostas
A chuva que cai no meu caminho
Faz crescer flores onde quer que eu pise...

35 comentários:

Lucas Adonai disse...

Muito bom cara !! ^^

Drop's disse...

lindo.. adorei!! mesmo

Swallowed Words. disse...

Gostei do ritmo. :3 http://worse-or-better.blogspot.com/

Marximelo disse...

Parabéns pelo seu trabalho. Gostei mesmo. Sempre que puder vou passar por aqui. Fica com Deus. Abração Léo

Cassiano de Souza disse...

Muito bom Rogerio, curti, gostei do teu tipo de escrita.

Francorebel disse...

Um texto realmente muito bleo.

Vendo flores em você.

Francorebel disse...

Belo.

Fábio Flora disse...

Adorei especialmente os dois últimos versos! Abraços e sucesso!

Café de Fita disse...

Interessante!

***
Escrevo pro: http://cafedefita.blogspot.com/
(Patrícia Araújo - Colaboradora)

Cabeça Feminina disse...

legal o texto.

a proposito, vc me deu vários calotes ha algum tempo!

Zona Midia disse...

visitei esse site uma outra vez por acaso apos uma pesquisa no google. mt bom

Wendell Carvalho disse...

Lindissimo poema

Divulgação Brasil disse...

gostei

Divulgação Brasil disse...

Muito bom memso

Divulgação Brasil disse...

gostei volto sempre

Tony Martins disse...

Maneiro Rogério... boa poesia

Abraços do Cabeça de Formiga
http://ocabecadeformiga.blogspot.com/

Robson Ojuarah disse...

gostei dos versos


se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

Diogo disse...

Esse é o tipo de texto que gosto. Parabéns!

Diogopensamentos.blogspot.com

Luz Rasteirinhas disse...

muito bom parabéns!

Guilherme Augusto disse...

o presente é o que importa, mas sem deixar de aprender com o passado e sonhar com o futuro...

M.alves disse...

Lindo poema, parabéns!

Swallowed Words. disse...

Já o li antes e continuo achando-o belíssimo.

Sombra disse...

gostei '-'

FÁBIO FERREIRA disse...

um poema instigante, um poema que transcende os excelsos da inspiração!

Just Livros disse...

lindo, você escreve super bem!

Fogo disse...

Escreve muito bem, parabéns!

Aline Diedrich disse...

Lindo texto!

Jefferson Reis disse...

Ual, gostei muito. Encontrei-me em sua poesia.

Matheuslaville disse...

Belíssimas palavras... Poucos consegue fazer um blog de textos literários tão bem como você faz!!

nenny disse...

"A chuva que cai no meu caminho
Faz crescer flores onde quer que eu pise..."
muitos lah fora querem esconder a verdadeira força que há dentro d cada um.... o tempo passa.. e as coisas permanecem do jeito que estão intactas.. é preciso força... é preciso cair p levantar e seguir adiante... parabéns peloo artigo.... parabéns pelo blog.. super curti e segui espero que goste do meu tbm,... forte abraço e coontinue assim Varlene Matos
http://nennymatos.blogspot.com/

eumacleamaral disse...

gostei muito porque tens um tipo
diferente de escrever e tão bom quantos os outros,parabéns

Fábio Flora disse...

Será que alguém nos ouve, nos observa? A verdade está lá fora? Ou dentro de cada um de nós?
Abraços e sucesso com o blog!

fatima disse...

adoro ler suas postagens bom final de semana....

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

É humus tá ligado? Experimente lavar mais os pés...

Marília disse...

muito bonito este poema!