quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Guerreiros Sem Armas

Não sabemos construir... Aprendemos a destruir

Não sabemos onde e nosso lar

Se andamos em círculos... Sem sair do lugar

Mentalizamos uma meta... Sem saber como realizar

Imaginamos uma ilha deserta, um lugar para ficar

Se esquecendo que a realidade

Às vezes pode machucar

Somos guerreiros... Sem guerra para guerrear

Somos escravos... E não temos ninguém para nos libertar

Estamos sós, ante só do que mal acompanhado

Onde estão as chaves dessa prisão?

? Onde estão todos

?Que disseram que ainda existe salvação?

Somos guerreiros... Sem guerra para guerrear

Somos escravos... E não temos ninguém para nos libertar

Somos guerreiros... E não sabemos luta

51 comentários:

Danilo de Lima disse...

Interessante o texto e dá uma bela reflexão! ;D

http://desquotidiano.blogspot.com/

Losterh disse...

O cadeado da prisão é teu olho. Arranque e se liberte.

Sandro Batista disse...

Rogério!

QUE TEXTO É ESSE?? Meu Deus do céu, que desabafo, que crítica, que chamado maravilhoso vc fez! Espetacular! Queria que você me permitisse reproduzir seu texto na comunidade virtual da Mangueira (escola de samba), e no site da torcida organizada Nação Verde e Rosa, dando , evidentemente, os devidos créditos! Texto perfeito para o momento que vivemos e gostaria de compartilhar isso com todos que visitam esses espaços!

Aguardo sua resposta!

abração

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Ítalo Richard disse...

Bom texto, boa reflexão!

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

Piolho de Cinema disse...

Tenho que dizer que o texto não é muito bom, não consegui vr nada de excepcional.
Mas salvo alguns erros de portguês, achei o texto com um bom poder reflexivo.
O blog é realmente muito bom

Abraços

TH disse...

Reflexivo, "querendo se libertar"
Seja feliz!
:)

www.enthulho.blogspot.com

Francorebel disse...

Vamos aprender a lutar com as armas que temos.

Léo Martorelli disse...

legal, importante pra refletir!
Bacana brother!

Arthur D'mello disse...

Muito bacana o texto,
causa uma boa reflexão.
estamos estagnados em nossa ignorância.

Jân Bispo disse...

Tá ai, gostei, melodico, e reflexivo, daria uma canção, e com ela uma boa critica a acomodação do ser humano, somos guerreiros e não sabemos lutar, pior, escolhemos mal o objetivo da luta! rs... sucesso!

Leonardo Ribeiro disse...

Interessante é a unica palavra q se encaixa neste texto.

Mateus Costa Luz disse...

Muito bom o texto.
Parece até uma análise poética da sociedade!
"Somos guerreiros... E não sabemos lutar"
Não sabemos mesmo...
ainda não aprendemos que não se ganha com violência...
Parabéns...

http://guardeparaosdiasdechuva.blogspot.com/

kakashi disse...

legal a interpretação de seus sentimentos...
mas se agarre em Deus que ele te iluminará..

André Lucas de Almeida disse...

Ca-ramba.

Muito bom cara!
Existe sempre um guerreiro, que não tem uma guerra, mas pode ter a sua própria consigo mesmo. Mas não sabendo lutar, jamais pode a vencer.

Yasendick disse...

Tirando alguns erros de ortografia me parece uma música do Legião Urbana.
Achei legal!

Gabriel Lemos disse...

Bem feito
Parabens pelo topico
Abraços

Visitem:
http://curiosomundodorock.blogspot.com/
Varias curiosidades no mundo do rock

Sandro Batista disse...

Oi Rogério,

To aqui de volta, primeiro pra te agradecer por ter autorizado a veiculação do seu texto.
Já está lá na comunidade.

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93274169

Victor disse...

Rogério seus textos são incríveis. Parabéns :)

[]'s
Victor Pagani
blog.avoado.com

Daniel Henrique disse...

muito bom, é um bom texto para reflexões

veja o meu blog tb

http://postdeprata.blogspot.com/

MikaelMoraes disse...

seu texto ficou bom... vc leva jeito para escrever pq certamente gosta... e gostar do q faz é o caminho para ser bom em algo.

continue sempre escrevendo e aguardamos a sua visita tmbm e o seu comentário

http://mikaelmoraes.blogspot.com

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

hooo... bateu e doeu... senti dor...
machucou...

Otima reflexão... das melhores que já li.

Aprendiz disse...

Temos mesmo que arrancar os cadeados que nos prendem ao sistema!

Te sigo.

Kell Alves disse...

Reflexivo o extremo.
Vc deveria disponibilizar teu perfil, para reribuir o coment lá no blog tive q voltar a comu para ver teu link. Quase desisti. Fica a dica!

Wellington disse...

Belas palavras! Gostei muito do que você escreveu. =)
A vida poderia ser mais fácil né? Já que todos nós estamos no mesmo país, convivendo em ambientes parecidos. Mas, há tantos critérios que separam as pessoas. E pra que né? ^^
Muito bom seu blog! ^^

Sucesso para você e grande abraço!

http://neowellblog.wordpress.com/

Calcanhar de Aquiles disse...

"Somos guerreiros e não sabemos lutar."

Um convite para nos libertamos do que nos aprisiona.

Abração do amigo "Calcanhar" aqui.

Alan Costa disse...

Lindo texto, as palavras mto bem organizadas como sempre, eu gostei muito, parabéns.

Karla Hack disse...

Muito interessante!
Uma forma bem particular de descrever e perceber...

gostei!

;D

Gabriel Pozzi disse...

muito bonito o texto, cara..
fazia muito tempo que eu não vinha no seu blog, está muito bom!
mas acho que com força de vontade conseguimos as armas necessárias para enfrentar essa batalha chamada vida... :)

http://songsweetsong.blogspot.com/

Canto do Lufa disse...

bem interessante meio medieval

lili_lynda disse...

muito bom o testo bem verdadeiro ^^
=*

Bersebah disse...

Não é a toa que seu blog tem essa quantidade de comentários, e tantos fãs Robson.

Desde o design que elaborou, até o conteudo, ficou um espaço muito bonito e organizado.

Adorei as imagens que compõem o mesmo, o titulo(o qual copiei), o fundo, são de muita qualidade.

Sobre o texto, eu posso dizer que representa a guerra.
Mas, de qual guerra falamos?
Seria aquela que vemos em filmes, ou a que presenciamos todos os dias no noticiario, e em nosso dia a dia?

Acredito que o texto reflete, talvez, o atual momento que a sociedade passa, pois, muitas vezes, lutamos, guerreamos, por sobreviver, por conquistar, por possuir, e destruimos a chance de outros o fazerem, de outros conseguirem viver.
As vezes também explorando a natureza, os recurso naturais, para ganhar riqueza, guerreando contra o meio ambiente, podemos dizer.

Bacana seu espaço.

Fico contente se puder passar no meu também e deixar sua opinião.

Abraços,

Bersebah

Zélio Marulo Jr. disse...

enxergar além do que se pode ver, refletir sobre o que se quer pra si, saber sim aonde ir, guerras que acabam sem ao menos terem começado são as guerras que mais obtiveram resultados.

Grande Abraço.

www.bloginoportuno.blogspot.com

Bons Ventos!!

Lee Way The Fucking Princess disse...

Ótimo texto, gostei muito. E seu blog é bastante belo ^^

http://pacienciasobrenatural.blogspot.com/

Kell Alves disse...

Eu de novo.
Passando só p não ser acusada de calote. rs

Letícia Silvério disse...

Nossa que perfeito, parabéns, to seguindo!

Karine Lima disse...

na verdade, nós estamos perdidos...

' Aℓℓɑɳ ɗɑѵiɗ disse...

Nossa, este texte tem uma ideia muito interessante, gostei.

Hocus Pocus disse...

muito bom o texto cara! daria até uma música! Dá uma olhada no meu blog também

http://beeremall.blogspot.com/

Pedro disse...

É assim que vivemos, não?
Destruindo, odiando, matando, guerreando. E NADA DISSO TEM UM MOTIVO FORTE, É APENAS ALGO QUE O HOMEM DIZ QUE NECESSITA!


:)

Seyal Layes disse...

Caraca!!! Muito bom mesmo o seu texto!
Somos guerreiros e não sabemos lutar!
A nossa sociedade é assim.
Tem armas e acha que é enfeite e troca essas coisas como os índios trocavam ouro por espelhinhos....
Miuto bom mesmo seu blog. retribua a visita
http://paginazabertas.blogspot.com/

Abraços e fique com as Bênçaos do Senhor Jesus Cristo sobre sua vida!

Michelle disse...

Vivemos essa guerra diariamente, temos armas, nossas mentes, e não lutamos! Bando de bobos é o que somos!

Net Esportes disse...

interessante a postagem ... bonito

Jân Bispo disse...

A luta é necesspária quando a causa é justa, quando é assim aprendemos a usar as armas que temos e que fazem a diferença, como escrevi antes, reflexiva sua posia!sucesso!

Brunella disse...

Muito profundo e verdadeiro, parabéns
pelo Blog, :)

Clube do Filme disse...

Muito bom o texto.. Seu blog está ótimo!!..

Digho disse...

Muito bom seu texto.Muitos dos que lerem vo refletir bastante.Parabéns.

Wellington disse...

Olá! Adorei esta postagem! Não é a primeira vez que a leio mas gostei muito. Me faz pensar na questão da tradução. Tradição, cultura, costumes devem ser seguidos quando são realmente bons. Devemos questionar: será que está bom pra mim? Se a resposta for não, então devemos lutar por aquilo que acreditamos ser melhor e não deixar de lado só porque os outros deixam. Isso vale para amanhã! Não é porque um amigo ou uma galera toda votará em branco ou nulo que devemos fazer os mesmo. Não devemos nos envergonhar de nossas escolhas mas sim da falta delas! =D

Grande abraço e seu blog é DEMASSS! X)

http://neowellblog.wordpress.com/

Deixa Queto disse...

Ótimo texto bem tocante ! > www.deixaqueto.blogspot.com

Kiko Lemos disse...

Muito bom texto, outro bem escrito por vc. Parabéns!

barbaranonato disse...

Guerreiros que não sabem lutar... Todos nós somos, até mesmo porque a verdadeira luta se faz diferente a cada dia.
Até a próxima!

bia santos disse...

Essa poesia me lembrou de uma canção da Legião chamada: Soldados...

Demorei porque estava difícil achar um post, no qual eu não havia feito nenhum comentário...

Vim até aqui, bem atrás...