quinta-feira, 4 de março de 2010

A Conexão parte 20

- Sua alma me pertence...

Paulo ouviu varias vezes essas palavras dentro da sua mente. Talvez tenha passado uma hora, um minuto, ele não sabia. Era como se ele tivesse em outro lugar, não em seu quarto.

Paulo estava submerso em uma escuridão, que envolvia seu corpo, e bem lá no fundo ele ouvia aquela voz dizendo:

- Sua alma é minha...

Enquanto isso do lado de fora da casa João tentava de tudo para conseguir entrar, mas ele não sabia mais o que fazer, o desespero tomava conta, o tempo estava contra ele.

De repente como se tivesse levado um choque, Paulo acorda do seu devaneio. Quando ele olha para aquelas luzes, que sai do monitor em direção ao seu corpo, ele tenta se levantar, mas uma força o segura.

Então ele começa a sentir algo estranho. Sente alguma coisa dentro dele, algo estava se mexendo, até que se da conta que aquelas luzes estavam dentro do seu corpo. Ele começa a se debater, tentando afastar aquelas luzes, até que aquela voz disse:

- Amigo não lute contra o que você jamais poderá vencer. A sua alma vai se juntar a mim, nessa escuridão... hahahaha....

Paulo ouvia essas palavras, quando sentiu algo estranho, era como se alguém tivesse arrancado um pedaço do seu corpo. Quando se deu por si, seu corpo se enrijeceu e ao mesmo tempo vários espasmos musculares começou a ocorrer pelo seu corpo.

Paulo olhava espantado para aquelas luzes em formas de mão que saia do monitor, e estava dentro dele. Quando reparou que essas luzes começaram a recuar. Mas algo inacreditável estava acontecendo, ele podia sentir que além daquelas mãos algo mais estava saindo do seu próprio corpo...continua...

51 comentários:

Francorebel disse...

Surreal... gostei!!

Tatiana disse...

Nossa..
tadinho do cara.. um demônio virtual sugador de almas o atacou..
Não sou fã de histórias de terror mas eu acho q a sua deve agradar quem gosta
;)

Garoto Mal Intencionado. disse...

Possessão demoniaca virtual?koaskoas...legal. Vi algo parecido no Club da Meia-Noite...hehe...Tem alguns problemas de tempo e verbo no texto. Seria interessante se o verbo estivesse no passado.

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

ENFIM O QUE ESTAVA ESPERANDO, GOSTEI DE TER O PRESENTE DE LER AQUILO QUE EU ESPERAVA ATÉ AGORA!

RabIsCo em uMa!! Página!!...(elaine castro) naninha!!! disse...

oi adorei seu blogg amei meso de verdade!! sucesso viu !! depois da uma olhadinha no meu tá!! bom fim de semana!!!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Meu deus! Cara to na frente do pc.. isso dá medo....
Me lembrei de "Pulse" agora!

Adorei....

Macaco Pipi disse...

ESSE PAULO NAO ME ENGANA

Café disse...

Genial. Lembro de ter lido as primeiras partes a um tempo atrás, mas na época acabei perdendo o link do blog. Vou dar uma olhada nas outras partes depois.
Abraço

http://cafeholandes.blogspot.com/

Selva disse...

GRANDE ESCRITOR! ABRAÇÃO

Mayna disse...

Cara... que louco!

Quero saber como ele vai sair dessa roubada.

Guilherme Lombardi disse...

incrivel essa história.

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

VIREI FÃ DO CARA, ELE É FERA, ELE É FODA, ELE É UM FRUTO DA BELA GERAÇÃO LITERÁRIA TUPINIQUIM...

Pobre esponja disse...

Legal esse lance de deixar o suspenso no final do capítulo, rementendo-nos ao tempo dos folhetins que saiam em jornais, como "Tieta do Agreste".

abç
Pobre Esponja

Celma Araújo disse...

humm.... coitado deste Paulo, qta opressão!!!
Legal a história
bjs

Tiago Csehak disse...

gostei, HUAHUAHUAAAA
meio "supernatural virtual" ;P
o que será que vai acontecer com Paulo ? oO

www.tiagocsehak.blogspot.com

Jéssica L.A. disse...

bem surreal...legal....super origina....parabens...!!!

Phellipe salaroli disse...

Gostei do seu blog, seguindo-te

Dan disse...

Eu acho que a gente deve lutar, por aquilo que a gente acha que nunca seremos capazes de vencer.

Davi, é uma grande lição sobre isso!
rs

Diário de Lótus disse...

Caramba, bem surreal Gostei msm.. espero o resto=]

Leo disse...

Vou ler o resto da história pra entender melhor. Mas ja fiquei empolgado com essa parte.

http://parada-ob.blogspot.com/

Johnatan Diêgo de S. Gomes disse...

é...

quase que preciso ler todas as outras partes.

meio de A METAMORFOSE misturado com ficção ultramoderna.

bem louco.
bem...
bem.

Midi disse...

Blog massa!
Parabéns

Samaravilha disse...

Nossa,invejo sua criatividade..
Fiquei com vontade de ler sua historia..
Continue..esta otima!!

Fun Jovens disse...

gostei muito :D

joão victor borges disse...

já tinha lido esse, estou sempre acompanhando aqui. aliás, a ideia de um demônio virtual é incrivel, ainda mais nos dias de hoje, onde o tema é o futuro.

http://anpulheta.blogspot.com

Fábio Aiolfi disse...

Nossa... vc é bom hem.. parabéns pelo blog.

Betty Gaeta disse...

Puxa, vc está escrevendo um livro aqui no blog?!? Gostei! Volto depois com mais tempo para ler com calma.

Dan Moura disse...

Fala brother...

Show de bola os teus textos...
Agora esse teu texto foi meio... morbido... hehehe


abraços...

Bruno (Binão) disse...

ahauahasu Muito criativo cara ,isso é legal , geralmente se ve muita gente tentando fazer coisas bonitas e criativas na net , e poucos conseguem , e vc é um deses poucos , essa historia é bem legal e muito criativa cara curti

Pobre esponja disse...

Detesto comentar de novo no mesmo post...
comentei em tudo aqui, se não não o faria. espero que haja assim.
Te vendo na corrente, pulo.


abç
Pobre Esponja

Fábio Aiolfi disse...

Dei uma atualizada...apareça..

Renata disse...

um verdadeiro sonho
adorei mesmo *-*

Tati disse...

Já tinha vindo fazer uma visita, e continuo achando de uma coragem absurda(no bom sentido) fazer um blog com uma história assim.

Só não entendi muito bem o último parágrado. De repente é um probleminha na pontuação. Ou eu não entendi mesmo!

Parabéns de novo!

Dan disse...

ainda vou tirar um fim de semana pra ler todas as conexões

Lenivaldo Silva disse...

OLha carA.
TÔ COMENTANDO PQ SOU CONTRA O CALOTE E TALZ...
nUM ACOMPANHO A HISTÓRIA NÃO.mAS DEVO LHE PARABENIZAR PELA CONQUISTA CRESCENTE DE SEGUIDORES.
dESDE QUE ATIVEI MEU BLOG E COMECEI A ATUALIZA-LO,JÁ TE VISITEI 5 OU 6 VEZES.
PARABÉNS PELA HISTÓRIA.nEM POSSO DIZER QUE É BOA NEM RUIM.MAS PELO NÚMERO DE COMENTÁRIOS DEVE SER LEGAL.
QUANDO SAIR EM LIVRO QUEM SABE NUM ROLA A LEITURA COMPLETA AO INVÉS DE UM OU DOIS POSTS?
ALEU VELHO
ABRAÇÃO

Betty Gaeta disse...

Vc está escrevendo um livro on line?!?
Se for isto, parabéns.

FabioZen disse...

Cara estou me arriscando tbm em textos continuados só estou tendo o cuidado de embora serem continuação,parecerem um conto independente.Vou ver no que dá.A tua escrita esta muito afiada.Parabens1

Macaco Pipi disse...

maravilha essa

Macaco Pipi disse...

MARAVILHA ESSE!

Cíntia Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cíntia Carvalho disse...

Comecei a ler aqui, mas vi q é uma série.
voltei pro primeiro capítulo e pimba: fiquei com medo.

ahahaha

muito bacana.
Vou deixar pra ler amanha de manhã...rs

e o layout é lindo.

parabéns.

Forlly disse...

VIAGEEEM HEOWHWEOEWH
sério
bem surreal, mas legal
Luzes saindo de dentro de alguem, isso é criativo :D

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

rumo a conexão parte 21, ansioso leitor...

C & I disse...

Surreal é pouco...haha mais deu ate medo rs


eu que gosto dessas coisas!

gostei do blog sem duivdas eu volto.

Canto do Lufa disse...

Animal o texto!

E uma crítica pesada quanto o nosso vício de cada dia. O delírio que virou verdade.

Muito bom o texto

Canto do Lufa disse...

Animal o texto!

Uma crítica pesada sobre noss vício de cada dia. A obcessão que começa em um delírio, termina por dominar paulo como a nicotina em um estágio mais avançado.

cacaubertrand disse...

É dificil avaliar direito, pois não acompanho a estória. Mas, mesmo pegando o barco no caminho, é interessante. =)

Macaco Pipi disse...

VAI SAIR LIVRO?

Giovanni Hillebrand disse...

Caracas, muito louco isso. Vou ler as outras partes também pra entender melhor as coisas. Mas inicialmente achei fantástico!

kbritovb disse...

caraca que foda
e o amigo dele será que vai dançar tb ?

LuEs disse...

O demônio virutal parece mesmo supercapaz. E parece que a suposta morte lenta não será assim tão lenta, já que, como percebo, ele está arrancando algo, talvez a alma, do Paulo.

Eu ainda não compreendi a espaço temporal, não sei quanto tempo se passou desde que João saiu de sua casa. Uma hora? Dez minutos?